quinta-feira, 27 de agosto de 2015

ENCONTRO DE RADIOAMADORES EM JUAZEIRO DO NORTE NOS DIAS: 05,06 E 07 DE SETEMBRO DE 2015

 ESTAS E OUTRA NO DIÁRIO DE NOTÍCIA DO PESQUISADOR PRÉ-HISTÓRIA E RADIOAMADOR CÉLIO CAVALCANTE MEMBRO CORRESPONDENTE DA ACEJI E DO JORNAL CIRCULAR DA CIDADE DE SOBRAL-CEARÁ.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

GUARDIÃO DA ARQUEOLOGIA CEARENSE CÉLIO CAVALCANTE É VOLUNTÁRIO DA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DESTE O ANO DE 1988

A Cruz Vermelha Brasileira (CVB) é uma Sociedade Nacional, fundada em 5 de Dezembro de 1908 . É uma instituição de socorro voluntária que tem por finalidade prevenir e atenuar os sofrimentos humanos. O Voluntariado representa um dos sete Princípios Fundamentais, seguidos pelas 185 Sociedades Nacionais de Cruz Vermelha no mundo. Os outros princípios são: Humanidade, Imparcialidade, Neutralidade, Independência, Unidade e Universalidade. Somos voluntários da Cruz Vermelha Brasileira da Filial municipal de Lavras-MG deste o dia 12 de janeiro de 1988. Reg Nº 490 – Livro – 02 Folhas 40V. - Estas e outras no diário de notícia do Pesquisador da Pré-história e Radioamador Célio Cavalcante membro correspondente da ACEJI do Jornal Circular da cidade de Sobral-Ceará.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

VEREADORES DE SOBRAL PARTICIPAM DE REUNIÃO NO DNOCS

Na tarde do último dia 13, ocorreu na sala de reunião da Diretoria de Infraestrutura do DNOCS uma reunião de representantes da D.I com vereadores de Sobral. Na oportunidade, o diretor de Infraestrutura Hídrica, Glauco Rogério de Araujo Mendes e José Falb Ferreira Gomes - Coordenador Estadual do DNOCS no Ceará discutiram com os representantes a recuperação das barragens de Patos e Santo Antônio de Aracatiaçu. Além do diretor, participaram da reunião os vereadores Gilmar da Cruz Bastos, Francisco Rogério Bezerra Arruda, Valfredo Linhares Ribeiro, além dos assessores William Tavares, Célio Vasconcelos Daniel Amorim, José Rafael Dantas de Araújo, Leandro Lima e o advogado Célio Vasconcelos Junior. Fone do site da Divisão de Comunicação Social do DNOCS. http://www.dnocs.gov.br/ Estas e outras no diário de notícia do Servidor da Ativa da UNID/CEST/DNOCS/Forquilha – Célio Cavalcante membro correspondente da ACEJI e do Jornal Circular da cidade de Sobral-Ceará.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

LOJA MAÇÔNICA DE FORQUILHA PROMOVEU JANTAR FESTIVO ALUSIVO AO DIA DO MAÇOM

A Loja Maçônica Segredo e Força da Acácia Nº 150/GLMECE do Oriente de Forquilha-Ceará, realizou nesta última quinta feira 20 de agosto de 2015, um jantar festivo para comemorar o dia do Maçom. O local escolhido foi o restaurante Recanto do Baião um ambiente aplausível que reuni sempre a elite da sociedade forquilhense. A noite do Maçom foi coordenada pelo Venerável Mestre Irmão José Milton de Oliveira que estava acompanhado de seus familiares e convidados. Os irmãos do quadro da ARLS Segredo e Força da Acácia Nº 150/GLMECE se fizeram presentes: José Gomes Duarte e família, Joaquim Loiola Aragão e família, José Conrado e família, Thiego Avelino e sua noiva, José Ilário de Sousa e família, José Marques Filho, Paulo Geovani e Milton Filho acompanhado de sua Irmã Fabíola e dos genitores José Milton de Oliveira e Teresinha Saraiva alem do sobrinho Marcelinho. Os convidados: João Paulo de Oliveira e sua genitora Rita, Ronaldo Roges e esposa Karine Siqueira estes acompanhado do Irmão Francisco Lopes Bernardino. O Delegado do 4º Distrito Maçônico da jurisdição da Mui. Resp. Grande Loja Maçônica do Estado do Ceará - GLMECE irmão Célio Cavalcante estava acompanhado do Irmão Vandesvaldo Carvalho Moura da ARLS Gonçalves Lêdo Nº 89 do Oriente de Fortaleza, que ouviram atentamente o eloqüente pronunciamento do Venerável Mestre irmão José Milton de Oliveira que falou do porque do dia do maçom, ou seja, o dia 20 de agosto baseou-se na histórica Sessão conjunta das Lojas “Comércio e Artes” e “União e Tranqüilidade”, no Rio de Janeiro, onde o Irmão Gonçalves Ledo pronunciara um discurso inflamado, fazendo sentir à necessidade de se proclamar a Independência do Brasil, cuja proposição foi aprovada pelos presentes e registrada em ata, onde até hoje é vivenciando este momento histórico da maçonaria universal. A Maçonaria é uma Instituição da fraternidade Universal que reúne seus membros para cumprir com as leis de seus landmarks dentro dos princípios da ética da moral e dos bons costumes! Estas e outras no diário de notícia de Célio Cavalcante membro correspondente da ACEJI e do Jornal Circular da cidade de Sobral-Ceará.

domingo, 23 de agosto de 2015

GUARDIÃO DA ARQUEOLOGIA CEARENSE CÉLIO CAVALCANTE VISTA SÃO BENEDITO E RESGATA HISTÓRIA DE SUA MATRIZ

As primeiras manifestações de apoio eclesial em São Benedito-Ceará teve como precedente o Índio Jacob, devoto de São Benedito e a quem recorria em seus monumentos de apertura. O primitivo templo, construído em taipa, chão batido e cobertura de palhas, teve por colaboradores os próprios nativos (1759). Cerca de oito décadas se passaram. Em 1841, erigiu-se em termos modernos a primeira casa de oração, tendo como assistente o pároco de Viçosa do Ceará, padre Filipe Benício. Ampliado e reformado esse despretensioso oráculo e a contar com São Benedito estímulo de que foi vanguardeiro o padre João Crisóstomo de Oliveira Freire, surgiu a ideia de construção da Igreja-Matriz, cujas obras se iniciam a 23 de agosto de 1850. Os trabalhos de conclusão e evento de caráter inaugural aconteceram no dia 21 de dezembro de 1851. São Benedito também se destaca pelo seu ilustre filho Raimundo de Farias Brito nascido em São Benedito no dia 24 de julho de 1862 + Rio de Janeiro, 16 de janeiro de 1917), um escritor e filósofo brasileiro, sendo considerado como um dos maiores nomes do pensamento filosófico do país e autor de uma das mais completas obras filosóficas produzidas originalmente no Brasil, em que identificou os planos do conhecimento e do ser, voltando dogmaticamente à metafísica tradicional, de caráter espiritualista. Outro ponto fantástico em São Benedito é o Santuário de Fátima onde tenho visitado por varias vezes para colher sabedoria da Fé Cristã. Acesse a fonte da pesquisa:  http://santuariodefatima.org.br/ - Estas e outras no diário de notícia do Pesquisador da Pré-história Célio Cavalcante (Guardião da Arqueologia Cearense), membro correspondente da ACEJI e do Jornal Circular da cidade de Sobral-Ceará.

sábado, 22 de agosto de 2015

GEÓLOGOS VISITAM SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS NA SERRA DA BARRIGA EM FORQUILHA-CEARÁ

Neste sábado 22 de agosto de 2015 estiveram visitando os Sítios Arqueológicos da Serra da Barriga em Forquilha os Geólogos: Dr. Paulo Giovani de Oliveira formação acadêmica Universidade Federal do Ceará-UFC onde já desempenhou atividades profissionais na empresa de mineração Globest Participações LTDA Grupo da China nos município de Sobral, Quiterionópolis, Porto do Pecém e Rondonia. Dr. José Milton de Oliveira Filho formação acadêmica UFC atual funcionário de carreira da Companhia de Pesquisa de Recursos Mineirais –CPRM Serviço de Geologia do Brasil tendo concluído o curso de Especialização em Engenharia Geotécnica pela Universidade Paulista-UNIP, onde suas pesquisas estão atreladas ao descobrimento e o aproveitamento dos recursos minerais e hídricos do País. Nossos intelectuais já mencionado estava acompanhado de Marcelinho e do Pesquisador da Pré-história Célio Cavalcante com seu titulo de (Guardião da Arqueologia Cearense) com formação no Curso de Assistente de Arqueólogo pela Escola Profissional de Arqueologia-EPA. Os pesquisadores foram orientados pelo guia Egberto um ruralista da região da encosta da Serra da Barriga que mostrou as relíquias Pre-históricas e a Pedreira desativada da Delta Engenharia que deixou degrado o solo ambiental inclusive com as escavações no local apareceu uma mini lagoa com água potável. Outro fato interessante é que a Mont-Granitos-SA tem a IMISSÃO DE POSSE da jazida de Granito da Serra da Barriga em Forquilha com objeto de Concessão de Lavra outorgada pela portaria nº 133 de 07/05/2001, publicada no Diário Oficial da União de 08/05/2001, ou seja, Edital de Imissão de Posse do 10º Distrito DNPM-CE Nº 10, de 08/02/2010, DOU de 09/02/2010.  No local os Geólogos observaram uma diversidade de registros rupestres gravados em paredões graníticos e alertaram sobre o problema causado pela alteração física e biológica que comprometem a preservação das pinturas arqueológicas além de atividade mineral próximo ao sítio expõe ao risco constante, devido o uso de explosivos para a extração de granitos. As queimadas são outro motivo de preocupação disse o pesquisador da Pré-história Célio Cavalcante membro correspondente da Sociedade Paraibana de Arqueologia-SPA e do Jornal Circular da cidade de Sobral-Ceará.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

SESSÃO SOLENE DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ EM HOMENAGEM AO DIA NACIONAL DO MAÇOM DO ANO DE 2015

Momentos da Sessão Solene da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará em Homenagem ao Dia Nacional do Maçom, realizada na tarde de ontem (20/08/2015). A seguir, transcrição do pronunciamento feito, à partir da tribuna do Plenário daquela Casa Legislativa, pelo Sereníssimo Grão Mestre dos Maçons da Grande Loja Maçônica do Estado do Ceará - Ir Silvio De Paiva Ribeiro: PRONUNCIAMENTO: Vinte de agosto está consagrado como o Dia Nacional do Maçom. Nessa data, os maçons de todo o Brasil rememoram com alegria os feitos do passado, reforçam as energias para os embates do presente, e se projetam com maior vigor para os desafios do futuro. A maçonaria é uma sociedade essencialmente esotérica, de natureza iniciática, de propósitos humanitários e que atraiu para si a missão de tornar feliz a humanidade. Nós, maçons, estamos certos que um dia a humanidade será plenamente feliz. Nós acreditamos na imensurável força do amor; na real possibilidade de aperfeiçoamento dos costumes e das práticas sociais; na sedimentação da tolerância entre todos os homens; no estabelecimento da igualdade plena, isenta de sectarismos políticos, religiosos ou de qualquer outra natureza; nós acreditamos na liberdade como bem inalienável do homem; nós exercitamos e difundimos a fraternidade que haverá de alcançar, um dia, todos os povos espalhados pela superfície da terra. A principal tarefa do maçom, portanto, é a de instruir-se, aperfeiçoar-se, elevar-se moral e intelectualmente em favor de si próprio, de sua família, da pátria e da humanidade. Homens bem formados produzem boas ações. Foi assim que a 20 de agosto de 1822, os maçons reunidos na Loja Maçônica Comércio e Artes, sediada no Rio de Janeiro, davam por completo e exitoso o plano de tornar o Brasil independente. Aquela histórica reunião dava por assegurado aquele ato que mais tarde, a sete de setembro, viria a ser concretizado. Muitos pagaram com a própria vida na luta pela defesa desse ideal. Reverenciamos suas memórias e nos espelhamos em seus exemplos. Assim foi também em diversos outros importantes momentos da nossa história, tais como na Proclamação da República, na Abolição dos Escravos, dentre tantos outros. E assim tem sido sempre. Algumas vezes de maneira necessariamente ostensiva. Outras vezes de maneira silenciosa, porém não menos atuante. O tempo passa. A sociedade evolui. A maçonaria também. Mudam os desafios e os cenários. Permanecem a coragem e a disposição dos maçons. Na atualidade, os desafios se entrelaçam em um modelo de sociedade aparentemente desorganizado. Famílias desestruturadas que não conseguem criar e educar seus filhos; jovens desorientados e submetidos à escravidão do vício; superpopulação nos centros urbanos em contraponto ao abandono das áreas rurais; excessivos atos de violência nas suas mais variadas formas; desemprego; deseducação; problemas de saúde de toda espécie, inclusive com o retorno de doenças e pragas antes controladas ou erradicadas; falta de água e saneamento básico; e, ainda, a malfadada ação de pessoas desonestas, inadvertidamente investidas em funções públicas, que usurpam da confiança do povo e se apossam do erário público em proveito próprio. Os maçons não estão alheios a qualquer desses desafios. Todos eles representam óbices à felicidade humana. Todos eles merecem combate. A Grande Loja Maçônica do Estado do Ceará, potência que me dá a honra de ser o seu atual Grão Mestre, está presente no território cearense, através de suas cento e cinqüenta Lojas Jurisdicionadas, distribuídas na Capital e em mais de setenta Municípios do Interior do Estado. Compõem essa grande família, mais de vinte mil pessoas, entre maçons, esposas, filhos e filhas de maçons. Nosso trabalho vai muito além da formação e do aperfeiçoamento dos homens-maçons, mas tem alcançado toda a família. As esposas dos maçons de nossa Grande Loja há muito tempo representam uma força viva, atuante, e que tem multiplicado e fortalecido nossas ações, especialmente aquelas de naturezas filantrópicas e sociais. A Ordem da Estrela do Oriente, instituição secular com representações em dezenas de outros Países, encontrou em nossa Grande Loja terreno fértil para o seu desenvolvimento. Congrega hoje expressivo número de esposas de maçons que, de maneira articulada e independente, desenvolvem valioso trabalho em prol da família maçônica e da sociedade cearense. Nossos filhos, desde tenra idade, são chamados a participarem das Ordens Paramaçônicas mantidas por nossa Grande Loja e que têm desempenhado papel de suma importância para a boa formação dos nossos jovens, fortalecendo-os nos atributos do amor filial, respeito ao próximo, amor à Pátria, honestidade, respeito e carinho pelas pessoas idosas, enfim, na construção do bom caráter e da civilidade. Ainda crianças, ao completarem seis anos de idade, são chamadas a participarem das Ordens dos Escudeiros – os meninos – e das Abelhinhas – as meninas. Ao completarem onze anos de idade, lhes são dadas as oportunidades para ingressarem nas Ordens D`Molay – rapazes - e Filhas de Jó – moças, onde permanecem até completarem vinte e um anos de idade. A boa convivência, a administração responsável de suas próprias Ordens e o trabalho social, dentre outras práticas, tem garantido a esses jovens, formação adequada, reforço na educação familiar e escolar, formando grandes líderes, grandes homens e mulheres, capazes de atuarem, positivamente, no meio social em que vivem. O trabalho de nossa Grande Loja, entretanto, não fica restrito ao atendimento de nossas próprias aspirações. Mas sensível às necessidades do nosso povo. Estamos atentos ao trabalho de outras instituições comprometidas com a melhoria da qualidade de vida das pessoas de um modo em geral. Nessa direção, celebramos recentemente Termo de Convênio com a Cruz Vermelha Brasileira – Filial Ceará, através do qual somaremos esforços na defesa e proteção da vida, no provimento de assistência e socorro às pessoas que necessitarem. De igual modo nos aliamos, também recentemente, ao Conselho Regional de Contabilidade do Ceará - CRC-CE – em um projeto que pretende juntar outras instituições de boa vontade, para a implantação de uma representação do Observador Social. Iniciativa pioneira em nosso Estado, mas comprovadamente exitosa em outros Estados da Federação. O organismo atuará no acompanhamento e assessoramento da gestão pública municipal de maneira preventiva e colaborativa, isento de interferências políticas, e, despido de caráter policialesco. Estamos convencidos de que a melhoria da qualidade nos gastos e o combate às práticas desonestas na Administração Pública vão muito além da mera substituição dos atores políticos. Estamos certos de que o Observador Social representará um marco no processo de fortalecimento da cidadania, na melhoria da qualidade das gestões públicas municipais, e produzirá reflexos diretos no combate à corrupção. Todas as nossas ações, tal qual a de nossos antepassados, norteiam-se sempre pela prudência, pela serenidade, pela objetividade, pela efetividade, pelo respeito às leis do País e às autoridades legalmente constituídas. Pela ordem e pelo progresso do Brasil. Vencemos grandes desafios no passado. Haveremos de vencer os desafios do presente e construir um futuro de paz, harmonia e progresso para todos. Agradeço, em meu nome e em nome de todos os maçons da Jurisdição da Grande Loja Maçônica do Estado do Ceará, a Assembléia Legislativa do Estado do Ceará – Casa do Povo – pela homenagem que presta aos maçons do nosso Estado; ao Deputado Sérgio Aguiar pela iniciativa, ao Deputado e Irmão Walter Cavalcante e a todos os demais deputados que os acompanharam na propositura da homenagem. Felicito, finalmente, os maçons especialmente homenageados na data de hoje: Francisco Batista Torres de Melo, José Anizio de Araújo, Etevaldo Barcelos Fontenele, José Wanderley Costa, Roberto Araújo, e, para surpresa minha, eu próprio. Muito obrigado. Fonte da matéria com as fotografias é do respeitável  Irmão Narciso Dorta   https://www.facebook.com/narciso.dorta/posts/1102781809751776  - estas e outras no diário de notícia do Delegado do 4º Distrito Maçônico Célio Cavalcante MI 33 membro correspondente da ACEJI e do Jornal Circular da cidade de Sobral-Ceará.